Dicas de Saúde

Alimentos embutidos e defumados aumentam o risco de câncer

20 de dezembro de 2017

Câncer é uma doença que tem a maior parte de suas causas relacionadas a fatores externos. A alimentação é um deles.

Um dos fatores de risco para desenvolver o câncer, através da alimentação, é o alto consumo de alimentos embutidos e defumados. A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que o consumo excessivo de alimentos embutidos e processados como salsicha, presunto, salame e mortadela aumentam o risco de desenvolvimento de câncer, principalmente o câncer colorretal.

A substância cancerígena que pode ser gerada com o consumo desses alimentos é a nitrosamina. Essa substância é proveniente do Nitrito e Nitrato de Sódio, existente em grande quantidade nesses alimentos, por meio de um processo chamado Nitrosação.

Para a nutricionista da Oncológica do Brasil, Liliane Ramos, a regra é diminuir a quantidade de alimentos embutidos e defumados de sua dieta. “O consumo desses alimentos é elevado pela população brasileira. Por isso, vale informar sobre os prejuízos e incentivar a diminuição do consumo. Além deles apresentarem algumas substâncias consideradas cancerígenas, apresentam ainda elevada quantidade de sódio, gordura e conservantes que tendem a prejudicar a saúde da população”, relata a nutricionista.

A nutricionista Liliane comenta que o consumo de 50g de alimentos embutidos e defumados aumenta em 18% o risco do desenvolvimento de câncer colorretal, sendo classificados no grupo 1 de evidência de ligação com o câncer, segundo a Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC).

Curta nossa página no Facebook! Voltar