Notícias

Câncer de estômago: TAS-102 é aprovado para o tratamento de casos avançados nos EUA

6 de março de 2019

A FDA (Federal Drug Administration) aprovou o uso do quimioterápico oral TAS-102 (trifluridina/tipiracil) para o tratamento do câncer de estômago ou da junção gastroesofágica (JGE) avançado.

O câncer de estômago representa cerca de 1,5% dos casos novos de câncer na população americana e é responsável por cerca de 11.000 óbitos anualmente. Dentre os casos com diagnóstico em fase avançada, apenas 5% sobrevivem por mais de cinco anos.

O regime aprovado foi avaliado no estudo internacional de fase III TAGS, que randomizou 507 pacientes de 17 países com adenocarcinoma de estômago (71%) ou JGE (29%) metastáticos que apresentaram progressão a dois ou mais regimes quimioterápicos prévios para receberem TAS-102 ou placebo, numa razão de 2:1. Com um seguimento mediano de 10,7 meses, o tratamento com TAS-102 promoveu benefício em sobrevida global, objetivo principal do estudo, com mediana de 5,7 versus 3,6 meses (HR=0,69; IC de 95%: 0,56-0,85; p=0,00058). A taxa de controle de doença nos pacientes que receberam tratamento com TAS-102 foi de 44%, com taxa de resposta de 4%. Houve ainda melhora na sobrevida livre de progressão no grupo que recebeu TAS-102 (HR=0,57; IC de 95%: 0,47-0,70; p<0,0001). Cerca de 80% dos pacientes que receberam a droga apresentaram eventos adversos de grau 3 ou superior, principalmente eventos adversos hematológicos: neutropenia, anemia e leucopenia.

O TAS-102 já era aprovado para tratamento de câncer colorretal avançado nos EUA, baseado nos resultados do estudo RECOURSE.

 

Fonte: Manual de Oncologia Clínica do Brasil (MOC)

Curta nossa página no Facebook! Voltar